Bolos, biscoitos, bolachas e outros alimentos processados podem tornar-se mais saudáveis a partir do lançamento no mercado de um novo tipo de soja GM. O lançamento será resultado do trabalho de pesquisadores da Universidade de Nebraska-Lincoln (UNL), nos EUA.
A soja foi desenvolvida para conter maior teor da “boa” gordura e menos da “ruim”. A redução de gorduras ruins pela biotecnologia, na soja hidrogenada, usada para fazer margarinas, tem um significado importante na saúde humana porque o óleo de soja representa mais de 80% de todo o óleo comestível dos EUA.