Cientistas da Universidade de Arkansas isolaram gene da proteína P34 que faz a semente de soja ser bastante alergênica para alguns consumidores. Pelo método denominado “gene silencing”, os pesquisadores conseguiram sementes que não produzem essa proteína.

No mundo, 8% de crianças e 1% entre os adultos sofrem por causa de alergia por alimentos. Soja, leite, ovos, amendoim, peixe e trigo estão entre os alimentos responsáveis por 90% dos casos de alergia.

Na soja, mais da metade dos casos se devem à proteína P34. Um dos cientistas da equipe pesquisadora, Rick Helm, do Donald Danforth Plant Science Center, de St. Louis, acredita que o método vai eliminar um alergênico humano da maior parte das plantações de alimentos.

Fonte: Agricultural reserch Magazine – setembro de 2003