A União Europeia recomendou que os produtores tenham permissão para cultivar duas variedades de milho transgênico (Bt11 e TC-1507).
De acordo com a porta-voz da comissão, Barbara Helfferich, especialistas do bloco europeu devem decidir, em fevereiro, sobre a permissão de cultivo dessas variedades.
A aprovação da Comissão Europeia deverá abrir portas ao milho americano, o que é essencial para atender à demanda global de alimentos. A UE aceita parte do milho produzido pelos EUA, mas apenas para uso como ração animal. Qualquer comida processada com milho GM deve tornar essa informação disponível ao consumidor de forma clara, por meio de rotulagem.
Fonte: Medill 21.01.2009