O Ministro da Agricultura da Austrália, Tony Burke, diz que é hora de a nação superar a superstição sobre os cultivos geneticamente modificados.

Em reunião da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em Roma, Burke disse que os cultivos geneticamente modificados podem ser parte da solução para a escassez alimentar mundial e para as alterações climáticas.

“Numa época de escassez alimentar mundial, é muito difícil argumentar que devemos virar as costas às respostas que a ciência pode nos dar”. Para ele, as decisões sobre a segurança alimentar devem ser baseadas na ciência e não em superstição, disse à Radio ABC.

Ainda de acordo com o Ministro, a segurança dos alimentos é um problema indiferente à tecnologia que está sendo utilizada – e com OGMs não é diferente –, mas a questão deve ser tratada caso a caso.

FONTE: Agbios – 20 de novembro de 2008