Ministros de Agricultura e Meio Ambiente da União Européia deram um passo muito importante neste mês para o fim da moratória dos OGMS no continente, algo que tem sido pedido por especialistas em biotecnologia. Reunidos, os ministros aprovaram que os genéticos sejam alvo de regras simples e compreensíveis em sua rotulagem. O compromisso foi anunciado pelo ministro da Dinamarca, mas deve ser endossado pelo Parlamento Europeu. A decisão dá à Europa um sistema quase completo de legislação sobre OGMs. A decisão vem em seqüência de outras tomadas pela UE, em favor dos OGMs. Em novembro, os ministros haviam concordado que alimentos vegetais ou animais que contivessem mais de 9% de genéticos fossem automaticamente etiquetados. No mês de outubro, as mesmas autoridades acordaram em torno de um novo guia para eventual cultivo de OGMs, preliminarmente banindo a moratória em sete nações do continente: Áustria, Bélgica, Dinamarca, França, Grécia, Itália e Luxemburgo.

Clique aqui para ler o artigo em inglês.