Morreu terça-feira, dia 5, aos 88 anos, o físico Maurice Wilkins, vencedor do Prêmio Nobel de 1962. O cientista teve participação fundamental na descoberta da estrutura em formato de dupla hélice do DNA. Wilkins ainda trabalhava em uma universidade de Londres.

Quatro foram os pesquisadores envolvidos na descoberta: Wilkins, a física Rosalind Franklin e os biólogos James Watson e Francis Crick. Franklin foi a única que não recebeu o Prêmio Nobel de Medicina de 1962, o que é considerado uma das grandes injustiças da Real Academia de Ciências da Suécia.