Será que a obesidade é a conseqüência de uma variação genética do indivíduo? Uma pesquisa do Departamento de Genética da Universidade de Boston aponta para essa possibilidade. Eles usaram amostras de DNA de voluntários para identificar uma variante genética comum perto do gene INSIG2, associado com a doença. Resultado: o genótipo de predisposição à obesidade se apresentou em 10% dos indivíduos. Os estudos sugerem que os polimorfismos genéticos comuns são determinantes importantes da obesidade infantil e adulta. O estudo foi publicado na revista Science.

Fonte: Science – Abril 2006