A Organização Mundial do Comércio (OMC) condenou Alemanha, Áustria, Bélgica, França, Itália e Luxemburgo por banir, individualmente, produtos geneticamente modificados previamente aprovados pela Comissão Européia. Segundo reportagem da agência de notícias Reuters, o veredicto final da OMC confirmou que a União Européia quebrou regras comerciais ao aprovar a moratória aos transgênicos, cujos maiores produtores mundiais – Estados Unidos, Argentina e Canadá – levaram o debate à organização.

Fonte: Reuters / 11 de Maio de 2006