O FDA, órgão americano que regula a venda de remédios e alimentos, concluiu que produtos alimentares de animais clonados representam o mesmo risco à saúde que outros com origem em animais não-clonados.

O parecer, divulgado nesta quinta-feira, se refere a produtos e derivados de porcos, vacas e cabras, inclusive leite, mas não abrange produtos de ovelhas.

A conclusão de que os produtos de clones são praticamente indistinguíveis dos de animais não clonados foi anunciada após um estudo de cinco anos envolvendo a indústria da carne.

“Nenhum risco específico para o consumo humano de alimentos foi identificado nos clones de gado, porcos ou cabras”, afirmou o FDA.

Com a decisão, não será necessário incluir no rótulo de alimentos derivados de animais clonados qualquer tipo de advertência para os consumidores.

Fonte: <ahref=”http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2006/12/061228_clone_carnerg.shtml” target=”_blank”>BBC Brasil– 28/12/2006