O pesquisador Ganesh M. Kishore afirmou, em reportagem da revista Business Week, que sua equipe obteve sucesso em adicionar um único gene ao milho para aumentar a produção de quatro aminoácidos. O estudo tem como objetivo produzir plantas mais nutritivas por meio da biotecnologia.

Ele cita, por exemplo, a soja, que contém grande quantidade de proteínas, mas é deficiente em metionina. Kishore informou que foram adicionados genes que produzem lisina e metionina na soja, que está sendo plantada como teste e cujo resultado aponta maior produção de tais aminoácidos. Já o milho será plantado ainda este ano.

O primeiro uso dessas plantas, disse Kishore, será feito em rações para animais.

Fonte: Revista Business Week