Os cientistas Yuan Longping, da China, e Monty Jones, de Serra Leoa, na África, ganharam prêmio da World Food Prize Foundation por seu trabalho no desenvolvimento de tecnologias inovadoras em pesquisas com arroz.
Yuan foi destaque por seu trabalho no começo dos anos 70, no desenvolvimento de recursos genéticos necessários para desenvolver o arroz híbrido, conhecido como three-line system. Segundo a fundação, esse trabalho deu ao mundo o primeiro sucesso na produção da variedade de arroz híbrido, capaz de produzir 20% a mais do que o convencional.
Jones foi citado por suas pesquisas nos anos 90, quando desenvolveu o New Rice for África (Nerica), adaptado unicamente para as condições do oeste da África.