Com seu genoma mapeado, a Eucalyptus grandis, é uma das maiores variedades da planta

O eucalipto é a árvore mais usada para compor florestas plantadas em todo o mundo. Com o sequenciamento da espécie conhecida como Flooded Gum ou Rose Gum, os pesquisadores poderão avançar ainda mais em pesquisas florestais, até porque trata-se da segunda árvore de florestas a ter seu genoma decodificado.

Esta sequência completa do DNA da planta foi obtida pelo Departamento de Energia e Rede de Genoma do Eucalipto, nos EUA, e permitirá aos cientistas a identificação de genes responsáveis pelo rápido crescimento dessa espécie. Este conhecimento facilitará o desenvolvimento de variedades com características desejáveis melhoradas.

No passado, o processo desde a seleção de árvores diferentes, seu crescimento e posterior avaliação levaria pelo menos 20 anos. Segundo o professor Bill Foley, especialista em genética de plantas da Universidade Nacional da Austrália e participante do estudo, agora é possível fazer tratamentos precisos em bem menos tempo.

O eucalipto é uma árvore nativa da Austrália, do Timor e da Indonésia, sendo exótico em todas as outras partes do mundo. Os primeiros plantios datam do início do século XVIII, na Europa, Ásia e África. Já no século XIX, começou a ser plantado em países como Espanha, Índia, Brasil, Argentina e Portugal.

Fonte: AgBioWorld – Julho de 2011