Alzheimer-C-300x200Uma vacina experimental contra o Mal de Alzheimer está sendo testada em ratos transgênicos na Espanha. De acordo com o cientista que coordenou o estudo, Ramón Cacabelos, do Centro de Investigação Biomédica Euroespes, o tratamento é baseado na ativação do sistema imunológico contra proteínas chamadas beta-amiloide (placas que se acumulam no cérebro e impedem a comunicação entre as células nervosas). A doença, que já atinge de 20 a 30 milhões de pessoas em todo mundo, é comum entre idosos acima de 65 anos e é caracterizada pela perda gradual das funções cognitivas.

Pesquisadores modificaram geneticamente ratos para que estes apresentassem os sintomas responsáveis pela doença em humanos. Nos primeiros testes realizados, a aplicação da vacina EB-101 nesses animais foi bem-sucedida e evitou que eles desenvolvessem o mal ao longo da vida. Agora, ainda segundo Cacabelos, resta esperar que testes em humanos sejam aprovados para que a vacina seja desenvolvida em um prazo de seis a dez anos.

Mas isso não é tudo. A equipe responsável pelo estudo ainda afirma que a vacina talvez seja capaz de duplicar o tempo de vida de pacientes que já possuem Alzheimer. No entanto, os cientistas acreditam que o ideal é procurar melhorar a qualidade de vida dos doentes e reduzir os impactos que a doença causa em suas vidas.

Fonte: El País – Janeiro de 2013