A ciência traz uma boa novidade aos apreciadores da culinária. Pesquisadores do Centro para Conservação Genética de Plantas da Southern Cross University (SCU), na Austrália, descobriram gene capaz de realçar o aroma do arroz. De acordo com a pesquisa, o gene funciona como inibidor aromático e, ao ser “desligado”, permite que o alimento tenha seu cheiro mais acentuado. Para o Professor Robert Henry, Gerente do Programa Genoma para Grãos da SCU, “a descoberta proporcionará grandes benefícios aos consumidores e à industria alimentícia australiana”. O mesmo gene também foi identificado em outras plantas, como o milho, a cevada e o trigo.

Clique aqui para ler o original.