Peixe-Zebra-A-300x200Poucos sabem, mas o peixe-zebra é um organismo modelo para biólogos que estudam o desenvolvimento de órgãos. Em virtude disso, o genoma do peixe começou a ser mapeado em 2001 e o resultado completo deste trabalho foi publicado na edição de abril de 2013 da revista Nature.

De acordo os cientistas do Wellcome Trust Sanger Institute, no Reino Unido, os 26 mil genes do peixe-zebra fazem deste mapeamento o maior já realizado em vertebrados. A equipe de pesquisadores identificou que aproximadamente 70% dos genes do peixe, oriundo do Himalaia, são semelhantes aos humanos. Quando se trata de genes relacionados a doenças, esse percentual sobe para mais de 80%.

Os pesquisadores esperam que, com a descoberta, se torne mais fácil entender como funciona a biologia humana. “A distrofia muscular em seres humanos, por exemplo, acontece devido à mutação em um gene também presente nos peixes e cuja mutação provoca o mesmo efeito neles”, revela Derek Stemple, geneticista e um dos principais responsáveis pelo estudo. Esses animais são usados como modelos para estudos de doenças há muito tempo, principalmente pela facilidade de criá-los em grande número dentro de laboratórios.

Fonte: Abril de 2013 – Nature