Pesquisadores filipinos estão desenvolvendo plantas de cânhamo de Manila (o abacá) geneticamente modificadas para resistir a doenças virais, o maior problema que afeta o cultivo neste país. O projeto pretende obter variedades de cânhamo resistentes a três tipos de vírus diferentes, e será liderado pela Autoridade em Desenvolvimento Industrial de Fibras e a Unidade de Implementação do Programa de Biotecnologia do Departamento de Agricultura. Participarão também o Instituto de Biologia Molecular e Biotecnologia da Universidade da Filipinas e o Departamento de Horticultura em Los Banos. O cânhamo de Manila constitui uma das principais exportações agrícolas das Filipinas, e é muito usado para fabricar cordas, polpa e fibras têxteis.

Fonte: <ahref=”http://www.porquebiotecnologia.com.ar/doc/reportes/result_indiv.asp?Id=3294″ target=”_blank”>Argenbio Argentina– 15/12/2006