Arroz-I-300x200Ao longo dos últimos dois anos e meio, cientistas do Reino Unido e do Vietnã se uniram para sequenciar o genoma de diversas variedades de arroz. O projeto, que começou em janeiro de 2011 e só terminou em junho deste ano, faz parte de uma série de pesquisas administradas pelo Ministério da Ciência e Tecnologia vietnamita e pelo Conselho Britânico de Pesquisa em Ciências Biológicas e Biotecnologia. Ao todo, os pesquisadores de ambos os países sequenciaram o DNA de 36 diferentes variedades de arroz.

De acordo com Tran Viet Thanh, ministro de Ciência e Tecnologia do Vietnã, essa é a primeira vez em que o país decodifica genomas dessa cultura. Segundo ele, os estudos também poderão ajudar os pesquisadores na seleção de variedades com maior qualidade e que sejam resistentes a condições climáticas adversas.

Além disso, para dar continuidade ao projeto, os cientistas terão acesso a técnicas avançadas de sequenciamento de genomas, que possibilitarão a criação de um banco de dados de arroz no Vietnã. De acordo com o ministro Thanh, espera-se que ao menos 600 novas variedades da cultura sejam decodificadas na segunda fase dos estudos, que já começou.

Fonte: Vietnam + – Setembro de 2013