Um cientista neozelandês está cumprindo importante papel no projeto americano que pretende produzir petróleo a partir da soja e do milho GMs. O professor Basil Nikolau, de origem turca, mas educado na Palmerston North Boys High School and Massey University, disse que o objetivo seria utilizar o excedente de produção dos grãos nos EUA.
Outro benefício seria contribuir para a redução do aquecimento global, já que o carbono absorvido do ar seria reciclado pelas plantas e emitido novamente quando o combustível vegetal fosse queimado. Grupos como o AgriGenesis e o Rotorua1s Forest Research estão entre os vários que consideram que a produção de energia a partir de plantas pode vir a ser uma grande onda na biotecnologia, juntamente com o uso contínuo da tecnologia na área médica, onde de fato a biotecnologia começou.
Fonte: New Zeland Herald