Os dois cientistas havaianos que desenvolveram o mamão papaia geneticamente modificado, resistente a ataque de vírus, foram premiados no começo do mês em Genebra, na Suíça, com o 2002 Alexander Von Humboldt Award for Agriculture.

Dennis Gonsalves, patologista, e a fisiologista Maureen Fitch, são da U.S. Pacific Basin Agricultural Research Center e dividiram as honras do prêmio com os colegas Richard M. Manshardt, da Universidade do Havaí, e Jerry L. Slightom da Pharmacia Company, Kalamazoo, Mich.

Usando técnicas da moderna biotecnologia, os cientistas desenvolveram, a partir de papaia convencional, dois produtos geneticamente modificados, o UH SunUp e o UH Rainbow, que foram desenvolvidos em 1998. As plantações de papaia no Havaí são estimadas num valor de R$ 14 milhões.

O prêmio ganho pelos cientistas este ano é dado anualmente como reconhecimento à pessoa ou a uma equipe que mais tenha contribuído para a agricultura norte-americana nos cinco anos anteriores.

Leia a íntegra da matéria em inglês:  http://www.ars.usda.gov/is/pr/2002/021104.2.htm