interna-agsummitNum contexto de crescente desconexão dos jovens com a agricultura e de uma população mundial que está prevista para chegar aos dez bilhões de pessoas em 2050, é fundamental uma abordagem de longo prazo e inovadora para a próxima geração enfrentar os desafios agrícolas globais. Por isso, iniciativa privada e associações de agricultores convidam jovens líderes de todo mundo a se inscreverem para a terceira Conferência Global Youth Agriculture Summit (Cúpula Agrícola da Juventude). O evento será realizado de 9 a 13 de outubro de 2017, em Bruxelas, Bélgica.

Cerca de cem jovens de todo o mundo serão selecionados para compartilhar ideias, desenvolver soluções e se envolver em uma discussão sobre como alimentar o planeta de maneira sustentável. Para se candidatarem, jovens de 18 a 25 anos de idade devem fazer uma redação sobre as causas da insegurança alimentar e os efeitos que ela pode ter em um cenário de aumento populacional. A capacidade de demonstrar ideias originais será um dos critérios de seleção para a Youth Ag-Summit. Os candidatos têm até o dia 13 de janeiro de 2017 para enviar seus textos.

Para a diretora-executiva do CIB, a bióloga Adriana Brondani, a biotecnologia dá grande contribuição para a produção de alimentos hoje e tem potencial de colaborar ainda mais. “A Youth Ag-Summit é uma oportunidade para estudantes de diversas áreas, especialmente daquelas relacionadas à biotecnologia, conciliar conhecimentos técnicos com o debate sobre como aumentar a produtividade da agricultura”. Segundo relatório de 2015 da consultoria britânica PG Economics, as plantas geneticamente modificadas (GM) favorecem a sustentabilidade já que, como há um controle adicional de pragas, as lavouras tendem a desenvolver melhor seu potencial produtivo, resultando na produção de mais alimentos em uma área menor.

Fonte: Youth Agriculture Summit, dezembro de 2016