A Índia, as Filipinas e a China têm grande papel na implantação de campos de teste para cultivo do arroz GM, mas a primeira comercialização pode ainda demorar de três a quatro anos, na avaliação do diretor-geral do International Rice Research Institute (Irri), Ronald P. Cantrell. A declaração foi feita durante a Thailand Rice Convention 2004.
Cantrell enfatizou que a produtividade teria de crescer pelo menos 1% anualmente nos próximos 30 anos para pode atender ao crescimento populacional. Segundo estimativas do Irri, a população que consome arroz quase que irá dobrar, atingindo 4,6 bilhões de pessoas em 2025.
Nas Filipinas, os resultados do teste com a variedade de arroz GM resistente a doenças estão sendo bons. As Filipinas são o primeiro país na Ásia a plantar milho GM para comercialização e autoridades do governo dizem que serão encorajadas mais ações para introduzir outras variedades GM, após serem feitos os testes adequados.
Mais informações: www.irri.org.