A experiência de fazendeiros produtores de organismos geneticamente modificados em Dakota do Sul, EUA, é das mais satisfatórias, segundo declarações dos próprios agricultores a pesquisadores da Universidade do Estado de Dakota do Sul. Eles apontam o algodão Bt, o HT (tolerante a herbicida) e a soja HT como particularmente preciosos em seus negócios. Os fazendeiros apontam o incremento no controle de pragas como o fator mais importante nos bons resultados das plantações.

Eles destacam ainda a redução na aplicação de herbicidas e nos custos, outros dois aspectos que os atraíram para a adoção de plantações de OGMs. Os pesquisadores entrevistaram mil produtores de soja e milho para levantar suas opiniões e analisar os fatores que os levaram a optar pelos transgênicos.

Ver a íntegra em inglês.