DNA-W-300x200Pesquisadores australianos criaram um potencial medicamento que pode fazer com que os portadores do vírus da Aids não desenvolvam a doença. O cientista do Instituto de Pesquisa Médica de Queensland, líder do estudo, David Harrich, modificou geneticamente uma proteína que o HIV usa para se replicar, impedindo o vírus de se reproduzir.

A descoberta, publicada no jornal Human Gene Therapy, pode ter implicações animadores para o tratamento dos portadores da doença sexualmente transmissível. A Aids atinge mais de 34 milhões de pessoas em todo o mundo e não tem cura.

A estratégia do estudo se concentrou em manter o vírus latente, impedindo a sua replicação, ao invés de tentar eliminar o vírus do corpo do paciente. “O indivíduo permaneceria com o vírus em seu corpo, mas não desenvolveria a doença”, afirma Harrich.

Testes da proteína em animais estão previstos para começar este ano, mas ainda deve levar alguns anos para que se desenvolva um tratamento a partir dela.

Fonte: Human Gene Therapy, Janeiro de 2013