A vacina BCG recombinante tem sido utilizada por pesquisadores do Instituto Butantan, da USP e da Unifesp como veículo vivo para a apresentação de antígenos de difteria, tétano, coqueluche e tuberculose. Após testes em animais, os resultados foram positivos quanto à imunização eficiente e protetora contra o tétano e a difteria. As pesquisas prosseguem na tentativa de produzir uma substância adequada para a administração em humanos.

Clique para ler a notícia completa.