valor_300x200No próximo dia 29 de julho, das 8h30 às 16h, ocorre no Hotel Unique, em São Paulo, o Seminário “Biotecnologia e Inovação”, realizado pelo Valor Econômico com o apoio do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB). No encontro serão discutidos caminhos para o incentivo à inovação, novas aplicações da biotecnologia e seus desafios regulatórios. “O evento tem como objetivo mostrar que a engenharia genética traz benefícios diretos para a sociedade”, explica Adriana Brondani, diretora-executiva do CIB.

Cada vez mais presente na vida das pessoas, as técnicas de modificação genética geram produtos que auxiliam no combate a doenças, aumentam a produtividade agrícola, melhoram as propriedades nutricionais dos alimentos e contribuem para a redução de impactos ambientais. Para tratar esses e outros temas, estarão no seminário palestrantes internacionais como Gregory Stock, diretor do Programa de Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade da Califórnia – Los Angeles (UCLA) e Nicola Cenacchi, pesquisador do Instituto Internacional de Pesquisa sobre Políticas Alimentares (IFPRI, na sigla em inglês). Também deixarão suas colaborações autoridades nacionais como o Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil, Clélio Campolina Diniz, o presidente da Embrapa, Maurício Lopes, e o presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), Edivaldo Velini.

O seminário Biotecnologia e Inovação é gratuito e tem vagas limitadas. Para participar, a inscrição deve ser feita na página http://www.valor.com.br/seminarios/biotecnologia.

Confira a seguir a programação completa:

Seminário Biotecnologia e Inovação

  • Data: 29 de julho de 2014, das 08h30 às 16h
  • Local: Hotel Unique– Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 4700, Jardim Paulista, São Paulo – SP

 Programa

  • 08h30 – 09h00 – Credenciamento/ Welcome Coffee
  • 09h00 – 09h30 – Abertura Clélio Campolina Diniz, Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação

09h30 – 11h00 – Bloco 1: Perspectivas da ciência

  • 09h30 – 10h00 – Inovação e ciência como instrumentos de desenvolvimento Gregory Stock (diretor do Programa de Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade da California, Los Angeles – UCLA)
  • 10h00 – 10h30 – Avanços tecnológicos do Brasil na pesquisa agropecuária Maurício Lopes (presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa)
  • 10h30 – 11h00 – Ciência e quebra de paradigmas Dominique Brossard (pesquisadora e professora de Comunicação em Ciências da Vida na Universidade de Wisconsin-Madison)

11h00 – 11h30 – Coffee Break

  • 11h30 – 12h00 – Biossegurança e o marco regulatório brasileiro em Biotecnologia Edivaldo Velini (presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança – CTNBio)
  • 12h00 – 12h30 – Biotecnologia: da pesquisa ao mercado Carlos Arruda (professor de Inovação e Competitividade na Fundação Dom Cabral e diretor-executivo adjunto de parcerias empresariais)
  • 12h30 – 13h00 – Gargalos regulatórios da Biotecnologia no comércio Orlando Ribeiro (Chefe da Divisão de Agricultura e Produtos de Base do Ministério do Itamaraty)

13h00 – 14h00 – Almoço no Hotel Unique

14h00 – 15h50 – Bloco 3: Impactos e aplicações

  • 14h00 – 14h30 – Propriedade Intelectual em Biotecnologia Luiz Henrique do Amaral (membro da Associação Brasileira da Propriedade Intelectual – ABPI)
  • 14h30 – 15h10 – Biotecnologia e mudanças climáticas Nicola Cenacchi (pesquisador do International Food Policy Research Institute – IFPRI – e autor de pesquisa sobre o tema)
  • 15h10 – 15h40 – Qualidade de vida, alimentação e transgênicos Dráuzio Varella (médico graduado pela Universidade de São Paulo – USP)

15h40 – 15h50 – Encerramento Carlos Raíces, diretor-adjunto de projetos editoriais do Valor Econômico editoriais do Valor Econômico