Pesquisadores da Universidade de Purdue descobriram que nove genes específicos são responsáveis pelo processo de transição de um estado embrionário da planta para o adulto. “Temos agora a hipótese de que o gene PKL é o maior regulador dos genes que promovem a identidade embrionária”, disse o cientista Joe Ogas.

A expectativa, segundo ele, é identificar novos fatores em comum entre o desenvolvimento das plantas e dos animais, incluindo o homem. Ele destaca que seria possível, por exemplo, descobrir o processo de expressão dos genes no homem durante eventos anormais, como o câncer.

Ogas explica que uma proteína correspondente ao PKL está também envolvida no sistema animal, “portanto, estamos descobrindo regulações similares entre humanos e proteínas de plantas”.

Clique aqui e confira a matéria completa.