Painel realizado no espaço Humanidade 2012 mostrou agricultores que já adotam práticas sustentáveis na agricultura

Na manhã desta terça-feira, dia 19 de junho, a iniciativa SustainAGRO promoveu um side event no espaço Humanidade 2012, no contexto da Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20.  O painel intitulado “Segurança Alimentar e Sustentabilidade no Agronegócio” mostrou casos de produtores que já adotam boas práticas e ideias sustentáveis na agricultura e produzem preservando o meio ambiente e preocupados com o aspecto social de suas atividades.

Os bons exemplos de agricultura sustentável mostrados pelo evento do SustainAGRO vêm da Argentina e do Brasil. O agricultor argentino Santiago Del Solar revelou que com o uso de tecnologia é possível aumentar a produtividade e de maneira amigável com o meio ambiente. Produtor de soja, Del Solar é a prova viva que o uso de sementes geneticamente modificadas aumenta a produtividade, diminuindo a necessidade de expansão de fronteiras agrícolas, e preserva os recursos naturais, já que a resistência da planta diminui a necessidade de usar defensivos químicos.

Já no Brasil, a fazenda Santa Brígida, em Goiás, antes uma propriedade improdutiva e economicamente inviável, transformou-se em uma fazenda modelo de produtividade e de preservação ao meio ambiente, graças à parceria entre a proprietária Marize Costa, o técnico agrícola Roberto Freitas e a Embrapa. Essa união gerou a integração, na mesma área e ao mesmo tempo, de agricultura, pecuária e de floresta, diversificando a fonte de renda da propriedade e produzindo usando menos combustíveis fósseis e menos defensivos químicos.

Também no centro-oeste, a cidade de Lucas do Rio Verde, Mato Grosso (MT), mostra ser possível que a agricultura tecnológica seja praticada por produtores assentados. O agricultor Carlos Fávero afirma que a cidade, fundada por produtores do Rio Grande do Sul que chegaram à região em um programa de reforma agrária, apresenta uma relação direta entre bons indicadores socioeconômicos e produtividade e competitividade da atividade agrícola.

O evento ainda contou com uma palestra sobre como a tecnologia pode contribuir para a segurança alimentar, ministrada pelo pesquisador da Embrapa Elíbio Rech, e outra sobre as perspectivas para o setor agrícola no Brasil em 2030, feita pela diretor-geral do Ícone, André Nassar. Entre as pessoas que prestigiaram o evento, destacam-se o atual e o ex-ministro da agricultura, pecuária e abastecimento, Mendes Ribeiro Filho e Roberto Rodrigues, respectivamente.

Fonte: Redação CIB – 19 de junho de 2012