Mais de 30 entidades brasileiras e internacionais se unem para tratar de economia verde e desenvolvimento sustentável na conferência da ONU

Organizações de diversos países que atuam na promoção e no desenvolvimento da agropecuária estão lançando a iniciativa SustainAGRO concebida para reforçar a posição do setor como protagonista nos debates sobre economia verde e redução da pobreza, temas principais da Rio+20.

O movimento pretende apresentar práticas agrícolas sustentáveis, já adotadas no Brasil e em outros países, e que são consideradas cases de sucesso, pois reúnem características de aumento de produtividade e proteção ao meio ambiente.

Todo o material do SustainAGRO está reunido em SustainAGRO, site trilíngue que apresenta vídeos, artigos, entrevistas com os principais interlocutores da iniciativa e cases de sustentabilidade. Além do site, o SustainAgro também está no Facebook, no Twitter e no YouTube.

De acordo com André Nassar, diretor da RedeAgro – um dos mais de 30 parceiros do SustainAGRO –, o Brasil e a América Latina, em especial, desempenham um papel vital para a produção e a exportação de alimentos para o mundo. “Acredito que o melhor caminho para aliar o aumento da produção de alimentos à preservação dos recursos naturais é investir em uma estrutura de produção tipicamente comercial, incluindo a agricultura familiar”.

Na mesma linha, Adriana Brondani, diretora-executiva do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB), ressaltou a necessidade de aumentar a produção agrícola por meio da integração de tecnologias. “Seremos cerca de nove bilhões de habitantes no planeta em 2050, e haverá uma demanda crescente por segurança alimentar e alimentos mais acessíveis, questão estratégica para a erradicação da pobreza e sistemática redução da fome no globo”.

A Rio+20, Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável, será realizada no Rio de Janeiro, entre os dias 13 e 22 de junho de 2012.

Parceiros

ABAG – Associação Brasileira do Agronegócio
ABCZ – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu
Abisolo – Associação das Indústrias de Fertilizantes Orgânicos, Organominerais, Biofertilizantes, Adubos Foliares, Substratos e Condicionadores de Solos
ABIFINA – Associação Brasileira das Indústrias de Química Fina, Biotecnologia e suas Especialidades
ACTA – Asociación de Cámaras de Tecnologia Agropecuaria
AgroBio – Associação das Empresas de Biotecnologia na Agricultura e Agroindústria
AGRO-BIO Colombia – Asociación de Biotecnología Vegetal Agrícola
AgroBio México
ANDA – Associação Nacional para Difusão de Adubos
ANDEF – Associação Nacional de Defesa Vegetal
ARES – Instituto para o Agronegócio Responsável
ArgenBio – Consejo Argentino para la Información y el Desarrollo de lá Biotecnología
ASA – Asociacion de Semilleros Argentinos
ASBRAM – Associação Brasileira de Indústrias de Suplementos Minerais
CAAPAS – Confederacíon de Asociaciones Americanas para La Agricultura Sustentable
CASAFE – Cámara de Sanidad Agropecuaria y Fertilizantes
CÉLERES – Consultoria agrícola
CENARGEN – Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
ChileBIO – Asociación Gremial ChileBioCropLife
CIB – Conselho de Informações sobre Biotecnologia
CLI – CropLife International
CropLife LA – CropLife Latin America
ICONE – Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais
InpEV – Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias
ISAAA – International Service for the Acquisition of Agri-biotech Applications
Febrapdp – Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha
OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras
RedeAgro – Rede de Conhecimento do Agro Brasileiro
Sindag – Sindicado Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Agrícola
Sindirações – Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal
SouAgro – Iniciativa multissetorial de empresas e entidades representativas do agro brasileiro
Zinc – International Zinc Association

Fonte: SustainAGRO