Pesquisa genética explica a “cabeça de gordo”

Variações em um gene podem revelar o porquê de algumas pessoas sentirem mais fome do que outras e preferirem alimentos calóricos