Japão

/Marcador:Japão

Descoberto gene que causa perda de pelos

Pesquisadores japoneses descobriram que um processo que leva à perda de pelos em camundongos pode também ocorrer em humanos, levando à queda de cabelo.  O estudo foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Os pelos são submetidos a ciclos, que envolvem fases de crescimento, repouso e queda. Há regeneração periódica dos […]

Secretário americano apoia biotecnologia

Em uma reunião do G8 (Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália, Canadá e Rússia) para definir propostas e decisões relativas à agricultura e à segurança alimentar mundial, o Secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Tom Vilsack, mostrou-se favorável à utilização de tecnologia na agricultura e reforçou a necessidade de se lutar pelo direito […]

CTNBio aprova algodão transgênico resistente a insetos

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) aprovou hoje, em reunião plenária, a liberação comercial de uma variedade de algodão Bt, resistente a insetos, conhecida como Widestrike. A tecnologia usa dois eventos de proteção contra insetos, que controlam importantes pragas do algodoeiro, especialmente a lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda), a lagarta-da-maçã (Heliothis virescens) e o curuquerê-do-algodão (Alabama […]

Japoneses desenvolvem planta tolerante a solos inférteis

Pesquisadores da Universidade de Tóquio, no Japão, desenvolveram uma variedade transgênica da planta Arabidopsis thaliana, parente próxima da mostarda, capaz de tolerar baixos níveis de boro no solo. A informação é […]

02/07/2006|Categorias: Notícias|Marcadores: , , , |

Japão aprova transgênicos para alimentação e agricultura

Duas variedades de milho geneticamente modificado foram aprovadas, no Japão, para importação, alimentação e agricultura. Os milhos Herculex RW e Herculex XTRA, resistente a pragas e insetos, foram desenvolvidos pela Dow AgroSciences e pela Pioneer Hi-Bred. As informações são do site Delta Farm Press.

Fonte: Delta Farm Press / 8 de maio de 2006

17/05/2006|Categorias: Notícias|Marcadores: , , |

Máquina superveloz

Em nome das pesquisas em bioinformática, o Instituto Riken, do Japão, tem hoje o supercomputador mais rápido do mundo. A máquina, que é baseada no sistema operacional Linux e utiliza computadores comuns, pode fazer um trilhão de operações por segundo. Segundo a empresa Fujitsu, que desenvolveu o equipamento, o novo computador tem velocidade sete vezes […]

16/11/2004|Categorias: Notícias|Marcadores: , , |