Tomates com a pele tão escura quanto a de amoras? Bem, eles não são apenas bonitos, com também podem ser realmente bons para a saúde. Pesquisadores do Centro John Innes, no Reino Unido, estão desenvolvendo tomates transgênicos que acumulam elevados níveis de antocianinas.

As antocianinas são pigmentos presentes, em níveis elevados, em uvas, no repolho roxo e na casca da berinjela. Os pigmentos são muito estudados por seus benefícios à saúde, como por exemplo, seu papel antioxidante. Estudos recentes mostram que antocianinas podem oferecer proteção contra doenças cardiovasculares, doenças degenerativas e certos tipos de câncer.

Com tudo isso em mente, dois pesquisadores introduziram genes responsáveis pela pigmentação roxa das flores boca-de-lobo. Os tomates transgênicos resultantes acumularam antocianinas em níveis mais elevados do que qualquer outra coisa previamente relatada para engenharia metabólica, tanto na casca quanto na polpa do fruto. “Este é um dos primeiros exemplos de engenharia metabólica que oferece potencial para promover a saúde por meio da dieta, reduzindo o impacto de doenças crônicas”, diz Cathie Martin, cientista no Centro John Innes. “O próximo passo será fazer testes pré-clinicos com voluntários humanos para ver se podemos promover a saúde através de estratégias de medicina preventiva por dieta”.

Fonte: ISAAA – 24 de outubro de 2008