As culturas de trigo e de cevada do futuro poderão ser “equipadas” com genes que as protejam contra um sério inimigo: o fungo Fusarium graminarium. Esse fungo destrutivo é responsável por uma doença comumente conhecida como “sarna do trigo” ou cabeça de ferrugem (Fusarium head blight). Ela faz as sementes enrugarem e assumirem o aspecto doentio, esbranquiçado. Atualmente, não há controle efetivo sobre essa doença, que causou perdas estimadas em US$ 2,7 bilhões de 1998 a 2000 só nos Estados americanos do norte-centro e das grandes planícies.

Para combater esse mal, cientistas do Serviço de Pesquisas Agrícolas dos Estados Unidos, junto com pesquisadores universitários e da indústria, esperam usar genes do próprio Fusarium para minar o fungo. A estratégia se espelha num processo natural que o Fusarium usa para atacar as plantas. Para manter seu processo de crescimento, o fungo tem periodicamente de remover suas velhas paredes das células de suas hifas e criar novas células. Para isso, o fungo fabrica enzimas que degradam as paredes de suas células, chamadas chitinase e glucanase. Os cientistas estão inserindo genes em plantas de trigo experimentais que permitem a fabricação desse mesmo tipo de enzima. Seu objetivo? Romper com a forma como o Fusarium invade as plantas, sobrecarregando-o com grande quantidade de chitinase e glucanase.

Os pesquisadores geneticistas Patricia A. Okubara, do setor de Doenças de Raízes, da Unidade de Pesquisa de Controle Biológico, do Estado de Washington, e Ann E. Blechl, da Unidade de Pesquisa de Uso e Melhoramento de Lavouras, da Califórnia, estão colaborando no estudo. Okubara, Blechl e os co-inventores Thomas M. Hohs, da Snygenta no Estado da Carolina do Norte e Randy M. Berka, da Califórnia, estão tentando obter a patente do trabalho.

Os cientistas conheciam o papel das enzimas chitinase e glucanase há anos. Mas Okubara e Blechl são os primeiros a usar pedaços dos genes de chitinase e glucanase do próprio fungo como genes anti-Fusarium no trigo. http://www.ars.usda.gov/is/pr/2002/020815.htm