Em artigo publicado no jornal Science, cientistas da Indústria de plantas CSIRO, da Universidade de Zurique (Suiça) e do Centro Internacional de Melhoramento de Milho e Trigo – CIMMYT – identificaram uma sequência genética no trigo que apresenta resistência a três doenças de culturas: ferrugem-da-folha , ferrugem-linear e oídio.

A resistência a doenças é altamente desejável em plantas, uma vez que pode beneficiar o meio ambiente, se considerada a possível redução de aplicações de defensivos, afirmou Evand Lagudah, um dos pesquisadores da CSIRO.

A sequência identificada codifica uma proteína transportadora conhecida por Lr34, que proporciona resistência a diversas doenças simultaneamente.

“O fungo causador da ferrugem é facilmente adaptável e pode rapidamente atingir variedades de cereais que são resistentes”, diz Dr. Lagudah. Cientistas e agricultores podem normalmente combater o ataque de pragas apenas após sua ocorrência, mas testes conduzidos após a identificação da sequência do gene Lr34 mostram que ele tem providenciado proteção parcial, porém constante, contra a ferrugem da folha por mais de 80 anos.

Fonte: CSIRO 20 de fevereiro de 2009