A Comissão Européia (braço executivo da União Européia) autorizou a importação de milho transgênico GA21, mas manteve a proibição do seu cultivo no bloco. Em comunicado, a UE informou que amplia a autorização da importação aos grãos do milho geneticamente modificados GA21, sendo que já estava autorizada a compra de alimentos e rações para animais com o produto. Este tipo de milho transgênico foi autorizado pela Autoridade Européia de Segurança Alimentar. O organismo considerou que a importação não implica riscos para a saúde humana e animal, nem é prejudicial para o meio ambiente. A questão já tinha sido analisada em outras oportunidades pelos Estados-membros do bloco europeu, que nunca chegaram a um acordo sobre o assunto e delegaram uma decisão na Comissão Européia. A autorização de importação concedida é válida por dez anos e obriga que a rotulagem de qualquer produto derivado do GA21 cumpra as normas européias.

http://europa.eu/ rapid/ pressReleasesAction.do ?reference=IP /08/480& format=HTML&aged=0& language=EN& guiLanguage=en