A Comissão Européia autorizou a venda de um tipo de canola geneticamente modificada para a fabricação de ração animal. O produto, a canola GT73, foi desenvolvido pela Monsanto, é tolerante ao herbicida glifosato e tem sido muito utilizado nos Estados Unidos e Canadá.

A decisão da Comissão Européia tem validade de dez anos e permite a importação da canola GM para a fabricação de ração e produtos industriais. A semente não pode ser cultivada em solo europeu ou usada na fabricação de produtos para alimentação humana.

De acordo com a lei européia de rotulagem e rastreabilidade, todo produto fabricado com a GT73 terá de trazer a informação no rótulo. A GT73 é o quarto produto transgênico liberado pela União Européia desde que a moratória contra os OGMs foi extinta em 2004.

Fonte: Agência Estado, Bloomberg e Checkbiotech