Cientistas da Universidade do Kansas (K-State) colocaram no mercado, nos últimos dois anos, dez variedades de soja, várias delas resistentes à doença causada pelo nematóide do cisto que é responsável por perdas de milhões de dólares anualmente.

Neste ano, pela primeira vez, a K-State produziu a variedade de soja RR, geneticamente modificada e tolerante ao herbicida Glifosato.

Segundo o professor de Agronomia da universidade, William Schapaugh Jr., os pesquisadores da K-State trabalham com vários estágios de maturação devido às diferentes condições de crescimento em todo o Estado, que é um dos 10 maiores produtores dos Estados Unidos. Ele disse ainda que estão trabalhando para que a soja seja também resistente a doenças e insetos, além da seca.