As Filipinas realizaram testes de campo com uma variedade de arroz geneticamente modificado que contém altas concentrações de provitamina A e possui resistência a duas doenças economicamente importante em áreas tropicais, o tungro, causado por um vírus, e a murcha bacteriana, causada pela Xanthomonas Orizae.

Tais variedades, com três características simultâneas, estão sendo desenvolvidas pelo Instituto de Investigação de Arroz das Filipinas (PhilRice), há sete anos, contando com a colaboração financeira da fundação filantrópica Bill e Mellinda Gates.

 O arroz apresenta altas concentrações de pró-vitamina A, favorecendo o aumento dos níveis dessa vitamina no organismo. A ausência de provitamina A pode ter consequências graves sobre a saúde, provocando deficiência no sistema imunológico e no crescimento corporal, e, em casos graves, levar à cegueira.

Fonte: AgroBio Mexico – 1 de fevereiro de 2009