Cientistas da Universidade da Califórnia identificaram o vírus causador de uma doença fatal em cobras.  Conhecido como Doença do Corpúsculo de Inclusão Viral (IBD, na sigla em inglês), esse mal não tem cura e atinge principalmente jiboias e sucuris em cativeiro.

Quando estão doentes, as cobras passam a adotar comportamentos estranhos, como olhar fixamente para o céu, girar e até enrolar-se em nós. Uma vez presas a si mesmas, elas não podem se desatar, já que a doença causa paralisia muscular generalizada e até problemas respiratórios.

Os cientistas já suspeitavam que a doença fosse causada por um vírus, mas foi somente após sequenciar o DNA de cobras doentes que veio a confirmação. Ainda não se sabe ao certo de que forma o vírus se espalha, mas os pesquisadores asseguram que o IBD é contagioso somente entre cobras. O mapeamento do genoma do vírus é uma ferramenta para entender como a doença opera e pesquisar uma possível cura.

Fonte: Universidade da Califórnia, 14 de agosto de 2012